Lady Driver: aplicativo só aceita motoristas mulheres

É o Uber das mulheres, se quiserem. Um aplicativo que oferece o serviço de corridas, como tantos outros no mercado, mas com o diferencia; de que apenas mulheres podem ser motoristas e passageiras. Um grande revolução na prática do direito das mulheres.

Tecnologia
6 meses atrás
Lady Driver: aplicativo só aceita motoristas mulheres

Como nasceu o aplicativo Lady Driver

Se você é mulher e utiliza transporte público com frequência, com certeza já passou, assistiu ou conhece algum que tenha sofrido assédio nesses meios de locomoção. Os casos de assédio, apesar da ampla panóplia de leis protetoras – mas inúteis na prática – dos direitos das mulheres, cresce dia após dia. Com razão a insatisfação do público feminino, até mesmo a revolta, também não para de aumentar.

Após passar por uma situação desagradável de assédio numa corrida solicitada por um desses aplicativos comuns, Gabriela Correa decidiu criar o próprio serviço de corridas, exclusivo para mulheres, com vistas a diminuir as ocasiões de assédio que as guerreiras de todos os dias enfrentam em sua labuta.

No dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher, o serviço foi aprovado pela Prefeitura de São Paulo, e já está em pleno vigor na capital e em Guarulhos, tendo em vista expandir para Rio de Janeiro ainda esse ano.

Quem pode participar desse serviço?

Para ser motorista do Lady Driver são necessários os mesmos requisitos que em outros aplicativos, visto que as exigências não das empresas mas sim da autoridade pública. Os requisitos são EAR na habilitação, carro de 2012 para frente, quatro portas e ar condicionado. Além disso, depois de concluído e aprovado o cadastro, é necessário um treinamento na sede da empresa.

Contudo, no Lady Driver não bastam os requisitos acima para poder prestar o serviço. Ele é exclusivo para motoristas mulheres, só elas poderão assumir o volante nas corridas fornecidas pela empresa. O objetivo é que as mulheres que precisem se deslocar, possam fazê-lo com tranquilidade de que não sofrerão assédio.

Qualquer um pode solicitar corridas?

Não! Só outras mulheres poderão se cadastrar como clientes e solicitar corridas. Do contrário, as motoristas é que estariam à mercê de serem assediadas por clientes. Então, trata-se de um serviço de mulheres para mulheres.

A única exceção no momento é para os acompanhantes de mulheres (esposo, filho, irmão, etc.). Mas sozinho o homem não pode utilizar o serviço.

Vantagens do serviço Lady Driver

As vantagens do serviço Lady Driver são muitas. Entre elas está que as mulheres que querem ter uma carreira independente e empreendedora poderão ter na prestação desse serviço uma ótima oportunidade, sem falar na segurança de estarem longe das ocasiões de assédio que acontecem todos os dias. Elas poderão agendar as corridas de toda semana e organizar seus horários e afazeres de acordo com a agenda que elas mesmas controlam.

Além disso, segundo a CEO da Lady Driver, a empresa é uma das que cobra menor taxa das motoristas, aproximadamente 16% apenas.

Outra grande vantagem é a possibilidade de fornecer um contato de emergência (com nome e e-mail) caso algo aconteça com a passageira. Isso dá mais segurança para ambas, motorista e cliente.

Número de usuárias

Com os recentes e recorrentes casos de assédio no transporte público, e a falta de capacidade da autoridade civil para proteger as cidadãs, as usuárias do Lady Driver cresceu significativamente. De acordo com a criadora do serviço já são mais de 100 mil downloads do aplicativo.

Fusne

O Fusne é um site para quem ama internet, nós somos especializados em comprar online. O que você vai encontrar por aqui é escrito por humanos, que vivem fazendo compras online, assim como você, então entende as suas dificuldades e tristezas nessas horas. O material do Fusne é testado várias e várias vezes pela equipe... Leia Mais

Vamos Bater um Papo?